Comissão ilegítima decide expulsar estudantes que participaram do Ocupa UFPE

A Comissão de Inquérito que julgava os participantes da ocupação do Centro de Artes e Comunicação (CAC) da UFPE, que ocorreu no final do ano passado como parte do Ocupa UFPE, decidiu pela expulsão dos estudantes Charly Souza, João Ricardo Silva, Leon Sousa, Luan Melo, Rosa Amorim e Thaís Barros. A Comissão, criada pela reitoria, tinha o único intuito de perseguir e expulsar os estudantes, sem nenhuma prova de que estes tiveram alguma relação com as acusações às quais estão sendo condenados. A decisão sobre as expulsões segue agora para o aval do reitor Anísio Brasileiro.                                                                                                                                                                                                                                                                                                   Não é por acaso que esta Comissão de Inquérito tenha escolhido a dedo, entre as centenas de estudantes que participaram e construíram de forma horizontal o OcupaUFPE, quem punir. Escolheram aqueles que participam do movimento estudantil e dos diretórios acadêmicos, usando-os para intimidar de agora em diante todo e qualquer estudante que ouse lutar em defesa da universidade pública. Numa clara perseguição aos que lutaram contra as medidas de desmonte praticadas pelos golpistas Temer e Mendonça Filho, pretendem, como na ditadura militar, calar a voz dos estudantes para que estes não se mobilizem e aceitem calados o sucateamento e posterior pagamento de mensalidades nas universidades públicas.

Não podemos aceitar que estes seis lutadores sejam expulsos para agradar o Governo, apenas para que a reitoria tente se promover com os golpistas. Não podemos aceitar que os que lutam sejam criminalizados. É hora de toda a comunidade acadêmica se levantar e dizer para Anísio que nenhuma perseguição política será tolerada. Pedimos a todos os estudantes, sindicatos, grêmios, diretórios acadêmicos e movimentos sociais de Pernambuco e de todo o país que divulguem notas de solidariedade aos estudantes perseguidos e enviem e-mails para a reitoria exigindo que Anísio Brasileiro reveja sua conduta em relação à expulsão dos estudantes. Envie um e-mail para a UFPE repudiando as expulsões: secretaria.reitor@ufpe.br ouvidoriageral@ufpe.br.

Chega de repressão!

Não à expulsão dos estudantes!

Pela extinção imediata dos processos administrativos contra os lutadores!